Ozonioterapia

A Ozonioterapia consite no uso do gás de ozônio (O3) como método terapêutico natural. Sua aplicação pode ser subcutânea, intra-retal, aplicação de óleo ozonizado, junto com a hemoterapia e a técnica do bagging para tratamento de pele. Dentre seus efeitos podemos citar o anti-inflamatório, a imunomoduor, antimicrobiano e cicatrizante.

A ozonioterapia é capaz de reduzir a agregação plaquetária, desfazer o empilhamento de hemácias, modula o estresse oxidativo, reduz a produção de tecido de granulação exuberante, melhora a circulação local e a perfusão tecidual, promove desinfecção e desbridamento de feridas e estimula a cicatrização e epitelização.

Além disso, possui efeito anti-inflamatório, antálgico, imunomodulador, bactericida, fungicida e virucida. Pode-se indicar a ozonioterapia no tratamento complementar ou isolado de diversas doenças.

São elas: doença do disco intervertebral, espondilose, osteoartrites, artrites sépticas, discoespondilites, sepse, osteomielite, feridas contaminadas, infecção do trato urinário, fistulas e abscessos, piodermites, dermatopatias alérgicas, papilomas, doença intestinal inflamatória crônica, diabetes, insuficiência renal crônica, doenças isquêmicas, tratamento de feridas e escaras de decúbito, queimaduras, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), hepatopatias, fecaloma (retenção de fezes), doenças neurodegenerativas, adjuvante no traratemento do câncer e para amenizar os efeitos colaterais de quimioterapia.

Veterinária Responsável – Dra. Carolina C. T. Haddad, CRMV – SP 17070

Contato





  • 13 99788.8092  /  13 3261.6531
  • horário de atendimento: seg/sex - 9h/19h